Links de Acesso

É preciso tempo para que manifestações sejam aceites - Bento Bembe

  • Teodoro Albano

Governo deverá aprovar política nacional sobre direitos humanos

Os recentes actos de violência entre a polícia e manifestantes devem-se a insuficiências de ambas as partes, defendeu no Lubango o secretário de estado para os direitos humanos António Bento Bembe.

Bento Bembe disse que ao analisar-se as cenas de violência que resultam das marchas como a de 10 de Março passado é preciso olhar para as suas causas.

Bento Bembe que falava no termo de uma visita de quatro dias à província da Huíla, disse que os cidadãos apesar do conhecimento que dispõe sobre o direito a manifestação consagrado na constituição, podem estar a falhar nos procedimentos.

“ O cidadão sabe que de facto a constituição permite as manifestações, mas não sabe muitas vezes quais devem ser os critérios para a manifestação e por não saber os critérios isso leva a que haja certos descarrilamentos e que leva a polícia a agir assim,” disse.

Sem defender a carga usada pela polícia, Bento Bembe, pede tempo para que as pessoas se acostumem a lidar com esta nova forma democrática de reivindicar os seus direitos.

O secretário de estado dos direitos humanos admitiu a necessidade de mais formação entre a polícia nacional e acredita em melhorias com a aprovação do ante-projecto da política nacional sobre os direitos humanos.

“ Nós estamos nos primeiros passos. A própria polícia precisa de passar por certas formações.Há critérios que vão ser utilizados razão pela qual a secretaria de estado já elaborou já formulou a política que vai ser aprovada pelo conselho de ministros. Isso é um trabalho que foi feito,” acrescentou

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG