Links de Acesso

Guiné-Bissau: Tudo a postos para as presidenciais


Candidato presidencial Serifo Nhamadjo percorre ruas da capital no último dia da campanha.

Candidato presidencial Serifo Nhamadjo percorre ruas da capital no último dia da campanha.

No escrutínio de domingo vão votar mais de 590 mil eleitores.

No dia em que termina a campanha eleitoral, os candidatos estão a fazer os últimos discursos públicos para persuadir os que ainda estão indecisos.

Os principais contendores, Carlos Gomes Júnior, Serifo Nhamadjo, Kumba Yala e Henrique Pereira Rosa, participam em comícios nas diferentes zonas eleitorais em Bissau que tradicionalmente acolhe os comícios de encerramento.

Para o escrutínio de Domingo devem votar 593.782 eleitores.

Já estão entretanto em Bissau observadores internacionais. Dos 80 previstos da CEDEAO, 41 já se encontram em Bissau. Em Bissau, estão também 40 observadores da União Africana, 11 da CPLP, 10 da UEMOA, igual número do Parlamento Britânico, 3 da União Africana e 2 dos Estados Unidos de América.

Estados Unidos de América que, em comunicado, apelaram às autoridades guineenses a respeitarem os padrões eleitorais internacionalmente reconhecidos, a fim de garantir que estas eleições sejam baseadas na vontade do povo da Guiné-Bissau.

Washington apela ainda aos guineenses, incluindo às forcas de segurança e defesa, a assumirem uma posição moderada antes, durante e depois do processo eleitoral, tanto assim que manifesta que continuará a apoiar o povo da Guiné-Bissau nas suas aspirações de paz, estabilidade e prosperidade.

Enquanto isso, o representante do Secretário-geral das Nações Unidas na Guiné-Bissau, Josep Mutaboba, disse estar encorajado sobre o desenrolar da campanha e espera que o pleito decorra num clima de tranquilidade.

XS
SM
MD
LG