Links de Acesso

Tibete: Dalai Lama afasta-se da vida política

  • Eduardo Ferro

Tibete: Dalai Lama afasta-se da vida política

Tibete: Dalai Lama afasta-se da vida política

O Dalai Lama, anunciou a sua decisão de afastar-se da liderança do movimento tibetano no exílio.

O Dalai Lama, anunciou a sua decisão de afastar-se da liderança do movimento tibetano no exílio. A China reagiu entretanto a essa declaração considerando tratar-se de um “truque”.

O Dalai Lama afirmou que chegou o momento de entregar o timão a um novo líder que seja livremente eleito pelo povo do Tibete.

Ele tornou pública a sua decisão por ocasião do aniversário da rebelião falhada contra o domínio chinês lançada em 1959 a partir da cidade de Dharamsala onde o líder tibetano no exílio reside desde há mais de meio século.

O Dalai Lama de 76 anos de idade afirmou que o seu desejo de devolver a autoridade política não constitui uma fuga às responsabilidades beneficiando sim a longo prazo os tibetanos.

O Dalai Lama tem vindo a advogar a autonomia do Tibete no seio da China e salientou que vai permanecer empenhado naquela causa.Esta sua decisão já era esperada e é considerada como um modo de criar um sistema político estável que mantenha reunida a comunidade tibetana.

Nos últimos tempos ele vinha delegando os seus poderes políticos a uma administração democrática mantendo no entanto o seu papel mais significativo como líder espiritual do movimento tibetano.

Entretanto em Pequim, a porta-voz do ministério chinês dos negócios estrangeiros, Jiang Yu, afirmou que a decisão do Dalai Lama não passava de um “truque”.

A porta-voz chinesa considerou-o ainda como "um exilado politico debaixo de uma capa religiosa e empenhado em actividades destinadas a dividir a China".

Pequim acusa o Dalai Lama de semear a rebelião no Tibete e acusa os seus seguidores de terem desencadeado as violentas manifestações no Tibete há 3 anos atrás.

No seu discurso de hoje o Dalai Lama apelou à China para conquistar o respeito da comunidade internacional através de uma maior transparência.O Dalai Lama disse ainda que iria formalizar o seu afastamento na reunião, na próxima segunda-feira, do governo tibetano no exílio.

XS
SM
MD
LG