Links de Acesso

PRS responsabiliza governo por fraco registo eleitoral no Huambo

  • António Capalandanda

Adolese Mango, secretário do PRS no Huambo

Adolese Mango, secretário do PRS no Huambo

Eleitorado indiferente devido às promessas que não foram cumpridas pelo MPLA - PRS

O partido de Renovação Social – PRS – responsabilizou o partido no poder pela fraca aderência de cidadãos as mesas de registo eleitoral na província angolana do Huambo.

Em declarações à Voz da América, Adolese Mango, secretário provincial do PRS no Huambo, referiu que a falta de interesse da população nas eleições previstas para este ano, resulta do incumprimento das promessas eleitorais feitas pelo MPLA no pleito eleitoral de 2008.

Informou ainda que, na sequência dessa não aderência, os sobas começaram a recolher forçadamente os cartões de eleitores nas aldeias e levam-nos às brigadas de registo para a sua actualização.

“O povo está desmoralizado, muitos acham que não há mais necessidade de ir às eleições, logo as pessoas descuram-se e não querem participar activamente nesse processo.”

Mango defende a participação activa da população no acto eleitoral, afirmando que a democracia funcional resulta da participação popular.

Segundo aquele dirigente partidário, apesar dos partidos na província estarem a mobilizar os seus membros para o registo eleitoral, as autoridades do Huambo não encontram grandes facilidades para convencer o cidadão comum, cansado de tanta incapacidade governativa na satisfação das suas necessidades mais elementares.

“Preocupa-me porque para irmos às eleições tem de ser com os eleitores” disse o político, acrescentando que “nós estamos a envidar esforços no sentido de mobilizar os nossos eleitores a irem para as mesas de registo.”

Mango disse que em 2008 os angolanos foram às urnas para reivindicar melhores condições de vida, ao nível da saúde, educação, habitação, emprego. Mas, ao contrário do que se perspectivava, após as eleições houve um agravamento dos níveis de oferta dos serviços essenciais básicos. E o distanciamento entre o cidadão e o governo aumentou consideravelmente.

“No mercado, os preços dos produtos básicos subiram, é o caso do óleo, o arroz e o sabão, temos problemas de energia e agua, os camponeses não são assistidos devidamente com sementes e fertilizantes.”

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG