Links de Acesso

Padre do Namibe defende juventude angolana

  • Armando Chicoca

Padre Abel Canja, do Namibe

Padre Abel Canja, do Namibe

Sublinhada necessidade de combate à corrupção

Angola é um país doente que precisa de uma vacina, disse no Namibe o Padre Abel Carlos Canja durante um debate no Namibe sobre “o papel do Média na construção de uma sociedade sã".

Nesse debate o prelado insurigu-se também contra aqueles que constantemetne criticam a juventude do país sem oferecer exemplos práticos da via a seguir.

O debate foi promovido pela ssociação dos ex-seminaristas e amigos São Tomas de Aquino, da Igreja Católica, no âmbito de acções tendentes à moralização da sociedade.

“Fala-se muito de que os nossos jovens são delinquentes, fala-se muito de que os nossos jovens perderam os valores, fala-se muito de que os nossos jovens são violentos, fala-se muito de que os jovens não têm respeito pelos adultos, fala-se muito de que os jovens não querem estudar, fala-se muito de que os jovens estão desempregados, são preguiçosos, tudo que é negativo em cima da juventude. Que pecado, que tristeza para esta juventude», desabafou o sacerdote, animador do debate.

Conferência de jovens no Namibe

Conferência de jovens no Namibe

«Nós temos que ter aquilo que se chama auto-estima, nós temos que acreditar em nós, porque somos nós que construímos a nossa historia, somos nós que construímos o nossos futuro,» realçou na sua dissertação, o sacerdote.

O Fórum que teve lugar no passado sábado no anfiteatro da casa das associações desportivas foi bastante aplaudido e congregou, além de jornalistas dos vários órgãos da comunicação social na província, estudantes do centro de formação de professores, do Instituto de Ciências Religiosas de Angola «ICRA» e da escola do II Ciclo Welwitshia Mirabilis «Puniv».

Angola, disse o sacerdote facilitador do debate, é um país enfermo que precisa de uma vacina.

«Qual remédio temos que dar a nossa sociedade para que seja sã! Nós sabemos que os médicos a primeira coisa que fazem quando recebem um paciente é fazer o diagnóstico, saber o que o paciente tem, as vezes o que o doente diz ter, não é e depois disso o medico faz a medicação. Qual é o remédio para os problemas de Angola, qual é o remédio para os desafios de Angola e para a nossa juventude. Temos que encontrar algumas vacinas para o problema da nossa sociedade», descreveu o prelector.

O combate ao vírus da corrupção, a luta contra o desrespeito pelos direitos humanos e a falta de amor ao próximo e solidariedade, são outros desafios que Angola precisa vencer.

O resgate dos valores que se apregoam nos vários órgãos de comunicação social, a nível do pais, na óptica do padre Abel Calanja, não têm sido bem interpretados, na medida em que procura-se resgatar valores a quem nunca os teve.

Sublinha que cabe aos mais velhos moralizar a sociedade na base de actos e exemplos práticos, portanto não cingir-se apenas em críticas baratas contra dignidade a juventude.

A Associação dos Ex-Seminaristas e amigos São Tomas de Aquino, foi fundada no primeiro ano da criação da diocese do Namibe, na governação pastoral do falecido Bispo, Dom Mateus Tomas e tem como líder, o presidente, professor António Ngulaua. A Governadora do Namibe Cândida Celeste da Silva que durante muitos anos está ligada a actividade religiosa, é madrinha da associação desde a sua fundação ha três anos.

XS
SM
MD
LG