Links de Acesso

Huíla: Plano para 2013-2017 avança antes das eleições

  • Teodoro Albano

Oposição não comenta elaboração do plano mas critica políticas sociais de Isac dos Anjos

A província da Huíla vai ter um programa de desenvolvimento social e económico para o quinquénio 2013/17.

O referido programa está ser objecto de um trabalho profundo da parte de vários subgrupos criados para o efeito, e deve ser apresentado até 15 de Abril do corrente ano pela comissão que integra respectivamente os vice-governadores para os sectores económico e político e social, Cunha Velho e José Arão.

O calendário até à apresentação do programa prevê um debate público para que, segundo o governador, Isaac dos Anjos, o mesmo seja do maior consenso possível.

Embora possa haver algum aproveitamento de alguns partidos políticos, refere Isaac dos Anjos, é necessário que a província disponha de um programa de desenvolvimento virado para as pessoas.

Isaac dos Anjos disse o objectivo é estabelcer um "um plano de desenvolvimento da província".

"Esse plano pode vir a ser aproveitado naturalmente por um partido que concorra às eleições, mas o mais importante para nós é que consigamos ter um plano de desenvolvimento mais consensual possível porque ele visa as pessoas," disse.

A intenção da elaboração do plano de desenvolvimento de cinco anos para a província não mereceu ainda reacções dos partidos políticos na oposição que tecem no entanto críticas às políticas sociais do executivo.

A secretária provincial do PRS, Júlia Caquene Adriano, aponta como exemplo daquilo que não está bem o sector da saúde.

“ Há muitas mortes porquê que surgem essas mortes? Porque não temos a força produtiva, um hospital tão grande mas com poucos enfermeiros,”disse.

A UNITA na voz da responsável, Amélia Judite, cita a falta de acesso à água como um dos problemas reais entre a população.

XS
SM
MD
LG