Links de Acesso

Comando do Africom em Angola e a segurança marítima

  • Alexandre Neto

General Carter Ham, comandante do Africom, com o ministro da Defesa de Angola, Cândido Van-Dúnem, e o embaixador americano em Luanda, Christopher McMullen.

General Carter Ham, comandante do Africom, com o ministro da Defesa de Angola, Cândido Van-Dúnem, e o embaixador americano em Luanda, Christopher McMullen.

A livre circulação e o comércio transatlântico

O Comandante da AFRICOM, Comando norte-americano em África, o General Cárter Ham avistou-se hoje com o ministro angolano da defesa Gen. Cândido Pereira dos Santos Van Dúnen.

Ham fez uma curta visita a Luanda, nesta que é sua primeira deslocação desde que foi designado para o cargo á 9 de Março passado.

Tratou-se dum encontro de cortesia segundo descreveu o ministro anfitrião. Dum modo geral tratamos de questões que têm a ver com a cooperação, no domínio da defesa e segurança, disse o ministro Van Dúnem.

Lembro que os dois países têm áreas comuns de cooperação neste domínio específico que é a defesa.

Trocamos impressões sobre a segurança marítima, tendo em vista a livre circulação transatlântica e o livre comércio que são áreas de preocupação de ambos países, disse.

O responsável americano seguiu depois para os Camarões. Antes tinha estado na Etiópia.

Sobre a situação prevalecente no Mali, caracterizou-a de perigosa, reiterando os apelos que têm sido feitos pela comunidade internacional, no sentido dos militares devolverem o poder as autoridades civis, legitimamente eleitas.

Perguntado se a insegurança no golfo da Guiné tinha merecido especial atenção no encontro hoje realizado o ministro Cândido Van Dúnen respondeu que em tudo que tinham falado, fizeram uma abordagem muito genérica!

O Departamento de Defesa dos Estados Unidos investiu no ano passado, cerca de 1.7 milhões de dólares em programas de ensino de língua inglesa e na luta contra o VIH/SIDA e em assistência na construção de uma clínica, lê-se numa nota distribuída pela embaixada americana.

XS
SM
MD
LG