Links de Acesso

Luanda põe acreditação de embaixador americano em "compasso de espera"

  • Alexandre Neto

Christopher J. McMullen, novo embaixador americano em Angola

Christopher J. McMullen, novo embaixador americano em Angola

Este processo é seguido com interesse devido a ameaças não-oficiais de represálias por causa do encerramento das contas bancárias da embaixada de Angola nos Estados Unidos

O processo de acreditação do novo embaixador americano em Angola continua em compasso de espera.

Este processo é seguido com interesse devido a ameaças não-oficiais de represálias por causa do encerramento das contas bancárias da embaixada de Angola nos Estados Unidos.

Christopher McMullen, foi confirmado no cargo em Setembro, pelo Senado americano substituindo Dan Mozena.

No final do ano passado fontes da embaixada por nós contactadas davam como certa a realização deste ritual agora no princípio de 2011.

Estas esperanças mantiveram-se intactas até ao princípio do mês que está praticamente a terminar. Mas o que se pode apurar neste momento, é que tal já não acontecerá. Oficialmente não foram avançadas as razões.

Uma funcionária da área do protocolo do Mirex, ministério das Relações Exteriores por nós contactada que não se quis identificar, limitou-se a confirmar que nada constava da agenda.

Sobre a fixação de datas exactas é prática a comunicação ser feita através dos canais diplomáticos, com dois dias de antecedência.

A transferência para o mês de Março é uma possibilidade, mas pode configurar quebra de tradição dos meses, normalmente Fevereiro ou Outubro, segundo observadores.

Funcionários da embaixada dos Estados Unidos não se mostraram interessados em abordar o assunto e minimizaram o facto, limitando-se a exteriorizar confiança e também optimismo em relação a realização do acto num futuro breve.

Por outro lado salientaram não tratar-se apenas do embaixador dos Estados Unidos adiantando que existem outros embaixadores, cujos países não identificaram que vivem a mesma situação.

Desde o ano passado a embaixada está a ser dirigida pelo encarregado de negócios, David Broks.

Este processo de acreditação é seguido com interesse devido às ameaças de represálias contra os Estados Unidos na sequência do encerramento das contas bancárias da embaixada de Angola nos estados Unidos, ainda que tais ameaças não tenham sido oficialmente assumidas pelas autoridades locais.

XS
SM
MD
LG