Links de Acesso

Polícia impede manifestação em Luanda


Polícia impede manifestação em Luanda

Polícia impede manifestação em Luanda

Antigos trabalhadores angolanos na ex Alemanha Democrática querem salários e indemnizações. Governo desbloqueia verbas.

Três membros da comissão de trabalhadores da ex Republica Democrática Alemã foram brevemente detidos em Luanda durante uma manifestação na Quinta-feira. Ao mesmo tempo angolanos manifestavam se também em Berlim em frente á embaixada de Angola exigindo o pagamento de salários e indemnizações dos contractos que os levaram à Alemanha e que não foram cumpridos. O governo angolano disse hoje que vai disponibilizar milhões de dólares para pagamento de pensões devidas a esses trabalhadores.
Os ex trabalhadores da extinta RDA reivindicam o pagamento de salários e indemnizações pelos seus contractos que não foram cumpridos quando a Alemanha socialista deixou de existir.
Em Luanda três membro s da comissão desses trabalhadores entre eles o presidente da comissão Samuel Manuel, foram detidos por algum tempo.
O vice-presidente dessa comissão, José Apolinário disse que a situação é agravada pelo facto do governo ter dialogado sobre a questão com um antigo membro da organização que esta não reconhece.
Apolinário disse que a sua organização não foi informada da decisão do governo de libertar milhões de dólares para pagar o que é devido aos trabalhadores.
Pouco mais de cem antigo trabalhadores tentaram manifestar-se em Luanda mas foram impedidos de o fazer. O presidente da comissão Garcia Samuel Manuel e outros dois membros foram detidos mas mais tarde libertados.
Em Berlim antigos trabalhadores angolanos também se manifestaram em frente á embaixada angolana. Não se registaram incidentes.

XS
SM
MD
LG