Links de Acesso

Templo hindu causa tiroteio entre Tailândia e Camboja

  • Eduardo Ferro

Templo hindu causa tiroteio entre Tailândia e Camboja

Templo hindu causa tiroteio entre Tailândia e Camboja

Forças da Tailândia e do Cambodja confrontaram-se pelo quarto dia consecutivo por causa do controlo de um templo hindu considerado como património mundial pela UNESCO.

Forças da Tailândia e do Cambodja confrontaram-se pelo quarto dia consecutivo por causa do controlo de um templo hindu considerado como património mundial pela UNESCO.
O primeiro-ministro cambojano Hun Sen afirmou hoje que as Nações Unidas deviam enviar capacetes-azuis para a região. Hang Chayya , o director do Instituto Khmer para a Democracia em Phnom Penh disse à VOA que Hun Sen pretende obter rápidamente apoio externo. “Ele tentou pôr termo a tudo isto enviando cartas ao Conselho de Segurança da ONU para que interviesse e acabasse com os confrontos e desse inicio a negociações”, afirmou Chayya.
Os últimos incidentes verificaram-se esta madrugada junto ao templo hindu de Preah Vihear construído há cerca de 900 anos.
Os confrontos iniciaram-se na sexta-feira e já causaram a morte de pelo menos 5 pessoas em ambos os lados assim como vários feridos. Os residentes daquela região fronteiriça fugiram das suas aldeias enquanto falhavam as conversações para um cessar-fogo.
Ambos os lados acusam-se mutuamente de terem iniciado o conflito, mas, trata-se de uma zona remota sendo de difícil acesso a observadores independentes.
Segundo um comandante cambojano verifica-se fogo de artilharia pesada e disparo de rockets junto ao templo e acrescentou que vários obuses tailandeses atingiram vários alvos em território do Camboja.
Por seu lado, a Tailândia afirma que alguns dos seus edifícios foram atingidos pelo fogo cambojano incluindo uma escola.
O governo cambojano referiu entretanto que o templo, considerado como património mundial pela UNESCO, foi danificado. Um porta-voz do governo tailandês negou enquanto isso que soldados tailandeses tivessem atravessado a fronteira com o Camboja afirmando que a suas forças apenas agiram em auto-defesa.
Os países vizinhos apelaram entretanto aos dois países para que se refreassem e a Associação dos Países do Sudeste Asiático ofereceu-se para servir de medianeira. Por seu turno o secretário-geral da ONU Ban Ki-moon disse que ambos os países devem solucionar o problema através dos mecanismos existentes. Bangkok rejeitou contudo as ofertas de mediação.
Os dois países têm uma longa disputa por causa deste templo hindu. Em 1962 o tribunal internacional deliberou que Preah Vihear pertencia ao Camboja. No entanto um dos principais acessos ao templo encontra-se no território tailandês.
Em 2008 a UNESCO declarou o templo como património mundial suscitando protestos por parte da Tailândia. No próximo mês de Junho a direcção da UNESCO deverá reunir-se para elaborar um plano de gestão do templo.

XS
SM
MD
LG