Links de Acesso

Clinton pede frente unida contra presidente da Síria


Conselho de Segurança da ONU

Conselho de Segurança da ONU

Clinton descreve como "travesti" vetos da Rússia e China à resolução da ONU que condenava regime de Assad

A secretária de Estado americana, Hillary Clinton, apelou aos amigos de uma Síria democrática para porem termo à sangrenta repressão do presidente al-Assad e a promoverem uma transição política.

Os vetos da Rússia e da China contra a resolução do Conselho de Segurança da ONU sobre a Síria, condenando a repressão do presidente al-Assad contra a população e pedindo para que abandone o cargo, foram criticados a nível mundial. A chefe da diplomacia americana descreveu o veto como um "travesti".

O secretário-geral da ONU Ban Ki-moon condenou o fracasso da aprovação da resolução indicando que o Conselho de Segurança perdeu uma oportunidade de adoptar uma acção unificada para ajudar a por termo à crise.

Os restantes 13 membros do Conselho de Segurança votaram a favor da resolução, incluindo os Estados Unidos, a França e Alemanha.

XS
SM
MD
LG