Links de Acesso

Polícia dispersa manifestação no Cairo que durava há quatro dias


Confrontos em Port Said

Confrontos em Port Said

Manifestantes tinham cercado o Ministério do Interior

A polícia egípcia recorreu a gás lacrimogéneo para dispersar os manifestantes concentrados em frente ao Ministério do Interior, no Cairo, em protesto contra a inoperância do Governo para travar violência e motins como o que ocorreu durante a realização de um jogo de futebol no estádio de Port Said, na quarta-feira.

Os manifestantes, que estão concentrados já há quatro dias, exigiam uma rápida transição do poder das mãos dos militares para um Governo eleito e a antecipação das eleições presidenciais, que o calendário do conselho militar aponta para Junho.

Munidos com bandeiras do clube Al Ahli, a equipa do Cairo que jogou em Port Said, os manifestantes começaram a atirar pedras para furar a barreira policial que os empurrava para longe do edifício ministerial.

As autoridades erigiram novas barreiras de cimento para travar a circulação nas ruas que dão acesso ao Ministério, e erigiram uma vedação metálica em volta do edifício.

XS
SM
MD
LG