Links de Acesso

Egipto: Estados Unidos exigem "diálogo imediato"

  • Eduardo Ferro

Egipto: Estados Unidos exigem "diálogo imediato"

Egipto: Estados Unidos exigem "diálogo imediato"

A secretária de Estado americana exigiu ao governo egípcio que inicie "imediatamente" um diálogo com a oposição.

A secretária de Estado americana exigiu ao governo egípcio que inicie "imediatamente" um diálogo com a oposição sobre o futuro do país e sublinhou que o exército tem o dever de proteger os manifestantes.
Hillary Clinton condenou também os "inaceitáveis" ataques aos jornalistas que cobrem a crise egípcia.
"Condenamos, nos termos mais enérgicos, os ataques aos jornalistas, manifestantes pacíficos, activistas de direitos humanos, estrangeiros e diplomatas; é uma violação das normas internacionais que garantem a liberdade de imprensa e é inaceitável em qualquer circunstância", sublinhou a secretária de estado americana.
Por outro lado, numa entrevista à rede de televisão americana ABC , o general Mike Mullen, o chefe do estado-maior das forças armadas americanas, lançou uma advertência acerca do eventual corte de mil e 300 milhões de dólares de auxilio anual americano ao Egipto. Alguns legisladores americanos apelaram para esse corte caso não fosse formado rapidamente um governo de transição.Mullen afirmou também que tinha recebido garantias do seu homólogo egípcio de que as tropas não disparariam contra os manifestantes.Ontem à noite, o Senado americano aprovou uma resolução apelando ao presidente Mubarak para iniciar de imediato uma transição pacífica para a democracia.

XS
SM
MD
LG