Links de Acesso

O Tratado de Simulambuco foi assinado há 126 anos

  • José Manuel

Guerrilheiros da FLEC

Guerrilheiros da FLEC

O Tratado de Simulambuco assinado a 1 de Fevereiro de 1885 é considerado pelos Cabindas como um tratado de Direito Internacional que lhes dá a possibilidade de reivindicar a sua soberania, por ter sido acordado entre os príncipes e chefes tradicionais com a realeza portuguesa a protecção do enclave à luz das disputas de outras potências coloniais sobre a região.

02 FEV 2011 - O Tratado de Simulambuco assinado a 1 de Fevereiro de 1885 é considerado pelos Cabindas como um tratado de Direito Internacional que lhes dá a possibilidade de reivindicar a sua soberania, por ter sido acordado entre os príncipes e chefes tradicionais com a realeza portuguesa a protecção do enclave à luz das disputas de outras potências coloniais sobre a região.

Razão pela qual tem sido concebido como um símbolo de reivindicação contra Angola depois da independência em 1975.

Maior interesse tem sido actualmente manifestado por parte de jovens e estudantes na investigação da história do enclave, sobretudo no estudo dos tratados assinados entre Cabinda e os governos coloniais da Inglaterra, França, Holanda e Bélgica que também disputavam o território.

Roque Gaspar Borges, professor de História de Angola e de Investigação Científica na Universidade Privada de Angola, disse em entrevista à Voz da América que o interesse pela investigação da história dos tratados do enclave de Cabinda pelos mais jovens, decorre do facto desses tratados representarem a soberania deCabinda.

XS
SM
MD
LG