Links de Acesso

Chefe de Estado são-tomense visita Angola

  • Faustino Diogo

Roça Agostinho Neto

Roça Agostinho Neto

O presidente de São Tomé e Príncipe defendeu em Luanda a necessidade das Nações Unidas contemplar África e América Latina como membros permanentes do Conselho de Segurança da organização.

O presidente de São Tomé e Príncipe defendeu em Luanda a necessidade das Nações Unidas contemplar África e América Latina como membros permanentes do Conselho de Segurança da organização.

Pinto da Costa que está em Angola para uma visita de dois dias pensa que às Nações Unidas deve ter em atenção a nova ordem mundial onde emergem novos países que pelo peso político e económico se têm destacado.

“Associamo-nos a todos a aqueles que pugnam por uma reforma do sistema das Nações Unidas que reflictam a nova ordem ditada em função da emergência de um conjunto de países que pelo seu peso político e económico, que hoje gozam, têm que ter uma voz mais sonante desde logo, no Conselho de Segurança da ONU. Assim entendemos que não é possível protelar por muito mais tempo o acesso de África ao Conselho de Segurança, como membro permanente. O mesmo dizemo-lo em relação à América Latina suportando legítima pretensão do Brasil.”

Pinto da Costa presidente de São Tomé e Príncipe que está em Angola, reuniu-se com José Eduardo dos Santos, na busca de mecanismos para o aprofundamento da relação entre os dois países.

XS
SM
MD
LG