Links de Acesso

Moçambique: Inundações implicam retirada compulsiva em Manica

  • William Mapote

Moçambique: Inundações implicam retirada compulsiva em Manica

Moçambique: Inundações implicam retirada compulsiva em Manica

Iniciada retirada compulsiva da população que continua renitente em deixar as zonas ribeirinhas face às descargas de Cabora Bassa.

Em Moçambique, as autoridades de Tambara, em Manica no centro do país, iniciaram a "retirada compulsiva da população", que continua renitente em deixar as zonas ribeirinhas face às descargas da Hidroeléctrica da Cahora Bassa.

A medida resulta da recusa por parte de algumas famílias em aceitar os apelos de retirada que estão a ser lançados pelas autoridades governamentais, alegadamente, receando abandonar os seus bens e actividades de sobrevivência, nomeadamente, a pesca e agricultura.

O administrador do distrito de Tambara, Gilberto Canheze, disse à Agência Lusa que a retirada compulsiva em curso "é para evitar perdas humanas" resultante da subida do caudal do rio Zambeze, o maior curso de água que desagua em Moçambique.

Dados revelados à Lusa indicam que nesta terça-feira já haviam sido evacuadas pelo menos 10 pessoas que estavam escondidas nas ilhas a praticar agricultura e pesca.

As autoridades esperam evacuar compulsivamente mais pessoas que continuam, alegadamente, escondidas, tendo para o efeito, lançado equipas de busca para evacuar toda a população das zonas consideradas propensas.

Refira-se que como resultado das cheias que estão a afectar as regiões centro e sul do país, as autoridades nacionais já contabilizam 32 mortos e dezenas de milhares de desalojados.

XS
SM
MD
LG