Links de Acesso

CEDEAO busca apoio internacional para a sua intervenção na Costa do Marfim


CEDEAO busca apoio internacional para a sua intervenção na Costa do Marfim

CEDEAO busca apoio internacional para a sua intervenção na Costa do Marfim

Laurent Gbagbo poderá ter os dias contados na presidência do seu país

26 Jan 2011 - Uma delegação da Comunidade Económica dos Estados África Ocidental – CEDEAO – chefiada pelo presidente serra-leonês Ernest Koroma reúne-se na Casa Branca esta Quarta-feira com o presidente Obama na busca de apoio internacional a uma eventual operação militar na Costa do Marfim contra o presidente cessante Laurent Gbagbo.

Os emissários da organização sub-regional devem igualmente se reunir com o Secretário-geral das Nações Unidas Ban Ki-moon amanhã Quinta-feira.

Em análise vão estar os planos de uma eventual operação militar da CEDEAO contra o ainda presidente Laurent Gbagbo que recusa-se em abandonar o poder a favor do seu adversário político, Alassane Ouattara, vencedor declarado das eleições presidenciais de Novembro passado na Costa do Marfim.

A delegaão deverá igualmente solicitar os apoios logísticos necessários tanto dos Estados Unidos como das Nações Unidas, que espera reforçar com mais 2000 mil homens o seu contingente de capacetes azuis naquele país.

O presidente Koroma dirige a equipa que compreende o presidente da Comissão da CEDEAO, James Victor Gbeho.

Na edição desta semana de Agenda Africana, a Voz da América analisa a eventualidade de uma tal operação militar em Abidjan através de entrevistas com o General Felisberto Ndjele do Centro de Estudos Estratégicos de Angola e Calton Cadeado, docente do Centro de Paz e Conflitos do Instituto de Relações Internacionais de Maputo em Moçambique.

XS
SM
MD
LG