Links de Acesso

300 vagas no ensino superior em Malanje


Faculdade de Medicina de Malanje

Faculdade de Medicina de Malanje

Os cursos de licenciatura em Pedagogia e Matemática da Universidade Lueji A´Nkode em Malanje têm disponíveis 300 vagas para o ano académico 2012.

Os cursos de licenciatura em Pedagogia e Matemática da Universidade Lueji A´Nkode em Malanje têm disponíveis 300 vagas para o ano académico 2012.

O coordenador dos referidos cursos em ciências de educação, Jutema Hebo Quitumba, anunciou o projecto numa conferência de imprensa, onde confirmou a realização das inscrições dos candidatos até vinte deste mês e a prova de acesso apenas num único dia, oito de Fevereiro, sem quaisquer possibilidades de recurso para o faltoso independente das justificações.

“Teremos 200 vagas para o curso de pedagogia e cem para o curso de licenciatura e ensino da arte de matemática, pensamos que este número poderá vir a crescer mais um dez por cento”.

A formação superior em ciências de educação foi aberta no ano académico findo nas instalações da Faculdade de Medicina de Malanje com 450 estudantes, apenas no período pós-laboral por ausência de infra-estruturas apropriadas e residências para acomodar os professores.

“Não tendo uma instalação própria fruto dos episódios que tivemos no passado, não tendo residências para acomodar os nossos professores, porque novos cursos nessa condição‽ Do ponto de vista técnico está tudo, podemos. Estamos a tentar perspectivar o curso do ensino da psicologia, mas acreditamos que no próximo ano académico teremos este curso”.

O professor universitário afirmou que a coordenação não vai satisfazer qualquer tipo de pedido para o ingresso de novos estudantes, assim como não irá permitir a corrupção fruto da experiência do ano académico passado, primando por um ensino transparente.

Os órgãos de comunicação social e a sociedade malangina foram convidados a denunciarem os actos de corrupção que possam surgir naquele apêndice da Universidade Lueji A´Nkonde.

A coordenação com 14 professores pretende aumentar o número para o dobro, 28, de forma a fazer face ao défice de quadros no mercado local para cobertura de cadeiras semestrais e anuais do plano curricular para o segundo e primeiro anos.

XS
SM
MD
LG