Links de Acesso

Malam Bacai Sanha sepultado domingo em Bissau


Malam Bacai Sanha sepultado domingo em Bissau

Malam Bacai Sanha sepultado domingo em Bissau

O país prepara agora eleições presidenciais antecipadas, que, constitucionalmente, deverão ocorrer dentro de 60 dias.

O presidente da Guiné-Bissau, Malam Bacai Sanha foi hoje a enterrar. O líder guineense foi sepultado na fortaleza d`Amura na capital guineense.

O corpo chegou ontem a Bissau, vindo de Paris, onde Malam Bacai Sanhá morreu na passada segunda-feira.

As presenças no funeral foram muitas desde o cidadão comum até às mais altas personalidades nacionais e estrangeiras.

Destaque para os presidentes do Senegal, Abdulay Wade, que apelou a uma transição pacífica na Guiné-Bissau, e o de Cabo-Verde, Jorge Carlos Fonseca, juntamente com o ex-presidente cabo-verdiano, Pedro Pires, este último, que ao longo da luta de libertação nacional esteve com Malam Bacai Sanha, na frente sul do país.

Malam Bacai Sanha, de 64 anos de idade, administrou o estado guineense durante dois anos, tendo deixado um pais que ainda procura estabilizar-se e garantir uma paz efectiva.

Terminadas as cerimónias fúnebres, o país prepara agora eleições presidenciais antecipadas, as quais, à luz da constituição, deverão ocorrer dentro de sessenta dias.

Uma imposição constitucional que poderá ser alterada, em caso de haver algumas concertações, resultando em consensos políticos entre os principais actores da vida nacional, se é verdade que, seria obrigatório recorrer aos apoios internacionais para assegurar o pleito eleitoral, na data prevista. Daí que perspectivas apontam para intensos debates nos tempos que se seguem.

XS
SM
MD
LG