Links de Acesso

Centenas de mortes em cheias no Brasil


Centenas de mortes em cheias no Brasil

Centenas de pessoas morrem quando chuvadas causam desabamentos e enxurradas

13 Jan 2011 - O primeiro mês do ano é mais uma vez marcado no Brasil por uma tragédia que pode ter morto mais de 400 pessoas. Num único dia, nesta quarta-feira (12), as intensas chuvas mataram mais de 230 brasileiros.

Assim como em 2010, quando as enchentes provocaram mais de 100 mortes no Rio de Janeiro, o problema atinge novamente o Estado e, desta vez, o resultado foi ainda mais trágico. O número de mortos na região serrana do Rio de Janeiro, onde ficam as cidades de Teresópolis, Petrópolis e Nova Friburgo, sobe a todo momento. Entre as vítimas estão homens, mulheres, crianças e bombeiros que tentavam salvar brasileiros soterrados.

A presidente Dilma Rousseff sobrevoou, nesta quinta-feira (13), a região destruída pelas chuvas e anunciou a liberação de mais de R$ 700 milhões para os Estados do Rio de Janeiro e São Paulo, que também sofre com as inundações. O ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, disse que a prioridade agora é restabelecer os serviços básicos nas cidades devastadas pelas chuvas.

A grave situação no Rio de Janeiro abre o debate sobre a falta de ações dos governos, federal e estadual, nas prevenções de catástrofes. Especialistas em situação de emergência atribuem a tragédia à falta de investimentos governamentais em prevenção.
Ouça a reportagem




XS
SM
MD
LG