Links de Acesso

Missionárias de Nampula de costas voltadas às autoridades

  • Faizal Ibramugy

Avenida principal de Nampula

Avenida principal de Nampula

Religiosas alegam que um terreno seu, de 50 hectares, está a ser invadido a mando do secretário de uma comuna

Missionárias do mosteiro Mater Dei na cidade de Nampula, norte de Moçambique, estão de costas voltadas com as autoridades locais.

Em causa as missionárias alegam que uma área de 50 hectares, alegadamente adquirida pela sua congregação há sensivelmente 35 anos, está a ser invadida a mando do secretário da Unidade Comunal de Samora Machel em Mutava Rex, em Nampula.

O referido secretário que responde pelo nome de Graciano Soares, terá em meados de Outubro passado mobilizado fundos e iniciado a construção de 5 salas de aulas no espaço da congregação mesmo sem o consentimento das missionárias, disse Maria de Cármen, responsável do Mosteiro Mater Dei.

Explica a fonte, quando a congregação se apercebeu do sucedido, forçou ao município a interromper a construção, estando presentemente a decorrerem negociações entre as autoridades governamentais e a congregação.

Segundo explica a missionária espanhola, em 2010, o mesmo secretário, Graciano Soares, invadiu uma parte do espaço e instalou um campo de futebol.

O Secretário da Unidade comunal Samora Machel no Mutava Rex, Graciano Soares não falou aos nossos microfones, porém o Vereador do Pelouro de Educação no Município de Nampula, Olindo Soca Nhamasse, confirmou a VOA, estarem a decorrer negociações entre a Direcção Provincial de Educação e Cultura e a Igreja Católica ao nível da Arquidiocese de Nampula para a resolução do conflito.

Recorde-se que este era o primeiro passo para o estabelecimento de uma nova escola Primaria na cidade de Nampula que se propunha a leccionar alunos de 1ª a 5as classes, numa primeira fase.

XS
SM
MD
LG