Links de Acesso

Preso porta-voz dos ex-combatentes moçambicanos

  • William Mapote

Baía de Maputo

Baía de Maputo

Jossias Matsena e um grupo de antigos combatentes tentavam manifestar-se junto ao gabinete do Primeiro-ministro

Cerca de três dezenas de ex-combatentes ensaiaram hoje mais uma tentativa de manifestação, junto do Gabinete do Primeiro Ministro, Aires Ali.

O grupo era encabeçado por Jossias Matsena, o Porta-Voz do grupo de ex-combatentes liderados por Hermínio dos Santos, e concentrou-se, logo às primeiras horas desta quarta-feira, defronte do gabinete de Aires Ali.

A concentração terminou com a detenção, por cerca de duas horas, de Jossias Matsena, alegadamente para prestar declarações à polícia, sobre os objectivos da concentração naquele local.

Em contacto telefónico com a Reportagem da Voz da América, Hermínio dos Santos, líder dos ex-combatentes, disse desconhecer o que teria levado o seu para e o grupo que o acompanhava, a deslocarem-se ao local que se tornou o ponto central das manifestações do ano passado.

Segundo dos Santos, o acordo existente entre o grupo é de que até ao final da primeira quinzena de Fevereiro vão avançar para nova vaga de manifestações, caso as suas reivindicações, nomeadamente, o pagamento das pensões, ou encontro com o Presidente da República, Armando Guebuza, não sejam satisfeitas.

A situação desta quarta-feira revelou, contudo, o princípio de cisões entre os ex-combatentes, uma situação reconhecida pelo próprio líder do grupo, que vincou haver divergências resultantes da impaciência manifestada por alguns elementos do grupo.

XS
SM
MD
LG