Links de Acesso

Cabo Verde lamenta morte de Malam Bacai Sanhá


José Maria Neves

José Maria Neves

O Governo cabo-verdiano através do primeiro-ministro, José Maria Neves, lamentou a morte de Malam Bacai Sanhá, ocorrida hoje em França. José Maria Neves considera tratar-se de uma perda não só para a Guiné- Bissau, mas sim também para Cabo Verde, já que Malam Bacai Sanhá foi combatente da luta de libertação que conduziu à independência dos dois países irmãos de língua portuguesa.

O Governo cabo-verdiano através do primeiro-ministro, José Maria Neves, lamentou a morte de Malam Bacai Sanhá, ocorrida hoje em França. José Maria Neves considera tratar-se de uma perda não só para a Guiné- Bissau, mas sim também para Cabo Verde, já que Malam Bacai Sanhá foi combatente da luta de libertação que conduziu à independência dos dois países irmãos de língua portuguesa.

Falando à Rádio de Cabo Verde, o primeiro-ministro disse que o Governo cabo-verdiano vai estar representado na cerimónia fúnebre oficial do falecido presidente, Malam Bacai Sanhá:

"Lamentamos profundamente a morte de Malam Bacai Sanhá...foi um grande amigo de Cabo Verde, um combatente da liberdade da pátria...da pátria guineense e da pátria caboverdiana...Cabo Verde apresenta os seus pesames ao Governo da Guiné-Bissau, ao povo da Guiné-Bissau e a toda a família enlutada...o Governo de Cabo Verde estará presente nas exéquias do presidente Malam Bacai Sanhá."

O primeiro-ministro cabo-verdiano, José Maria Neves, fez votos para que a nação guineense esteja unida nesta hora de dor, esperando que todos contribuam para o normal funcionamento das instituições e da vida do país.

Recorde-se que Malam Bacai Sanhá esteve em Cabo Verde em Setembro do ano passado, para participar nas cerimónias fúnebres oficiais do amigo e colega de luta, o primeiro presidente cabo-verdiano, Aristides Maria Pereira.

XS
SM
MD
LG