Links de Acesso

Aumentam tensões EUA - Irão


Barco de guerra iraniano

Barco de guerra iraniano

Sanções começam a afectar economia iraniana provocando ameaças de retaliação

As tensões na zona económica vital do estreito de Ormuz deverão continuar a aumentar agora que sanções internacionais começam a afectar a economia iraniana, afirmam peritos em questões internacionais.

E essas fontes avisam que o Irão tem a capacidade para afectar a navegação marítima numa zona onde circula a maior parte da produçao petrolífera mundial

O Irão ameaçou há alguns dias atrás encerrar o estreito de Ormuz e acusou o ocidente de lhe ter declarado uma guerra económica. Isso fez aumentar substancialmente as tensões numa zona vital para a economia mundial.

Depois de ter efectuado exercícios navais na zona do golfo de Ormuz o Irão avisou os Estados Unidos para não fazerem regressar à zona um porta aviões que ali tinha estado estacionado e afirmou que caso as exportações de petróleo iranianos sejam suspensas o país reserva-se o direito de encerrar aquela via marítima considerada vital para as exportações de petróleo.

Os Estados Unidos e a Grã-Bretanha tornaram claro que isso não seria permitido.

Mark Fitzpatrick um perito sobre a poltica iraniana considera as ameaças iranianas de vazias, afirmando ser “cómico pensar-se que a marinha americana irá dar ouvidos às ordens do Irão e que deixaria de estar presente em aguas internacionais”.

“Isso não vai acontecer,” disse ele.

O aumento das tensões surge numa altura em que aumentam os sinais de que as sanções internacionais começam a ter efeitos no Irao.

A decisão europeia de cortar gradualmente as importações de petróleo iraniano e as sanções impostas pelos Estados Unidos a operações com o banco central iraniano provocaram uma grande e subita desvalorização da moeda nacional nos últimos dias e um aumento substancial nos preços de produtos importados.

Há notícias do encerramento de empresas devido as sanções que agravaram uma crise económica marcada pelo aumento da inflação.

“Agora que as sanções estão a começar a afectar a venda de petróleo do Irão isso está a afectar o centro da economia iraniana,” disse Mark Fitzpatrick

“Por isso os iranianos estão debaixo de grande pressão e países debaixo de grande pressão muitas vezes reagem violentamente,” avisou.

Contudo há que notar que o aumento das tensões fez aumentar os preços do petróleo através do mundo o que irónicamente lhes forneceu uma injecção financeira.

James Brazier de uma companhia de consultoria diz ainda que apear da superioridade ocidental em termos navais seria perigoso ignorar as ameaças iranianas de bloquer o golfo de Ormuz.

“O Irão fez grandes investimentos na sua marinha especialmente em métodos incovencionais que poderão afectar a navegação nesse estreito,” disse Brazier.

“Por isso penso que não se pode pôr de parte a capacidade da marinha iraniana afectar a navegação no golfo embora provávelmente isso não duraria muito tempo,” acrescentou

Para já todos concordadam que as tensões entre o Irão e o ocidente continuarão a subir até ficar resolvida a coontroversa questão do seu programa nuclear

XS
SM
MD
LG