Links de Acesso

Angola: O bom e o mau na Huíla

  • Teodoro Albano

Escola no Lubango

Escola no Lubango

Unita diz que não há liberdade de expressão

Os dois principais partidos políticos angolanos manifestaram opiniões diferentes sobre o estado político, económico e social das populações na Huíla
A UNITA descreve a situação política actual como sendo marcada por intolerância manifestada pelo sentimento de medo entre as pessoas que têm dificuldade em se manifestar livremente sobre os mais variados assuntos principalmente quando está em causa o nome do partido no poder.
A UNITA aponta a falta de pluralismo de ideias alimentada pela débil cobertura nos órgãos de informação públicos como sendo um dos maiores obstáculos à democracia.
A secretária provincial da UNITA na Huíla, Amélia Judite, denunciou práticas que segundo afirmou, minam o que se pretende seja um estado de direito e democrático.
No domínio social disse que o crescimento em vez de real é aparente nos centros urbano e inexistente nas aldeias;
“ Se há uma aparente evolução, isto é, nos centros urbanos no que tange aos recursos humanos e infra-estruturas, o mesmo não se pode dizer nas aldeias onde se assiste uma falta gritante de salas de aulas e professores. No sector da saúde há ainda um défice de cobertura sanitária, lá onde existe posto de saúde não há assistência e medicamentosa" disse a representante da UNITA
O MPLA prefere destacar as realizações. Diz que pese a crise económica e financeira que se abateu durante o ano passado muito se fez em prol das populações.
O secretário para os assuntos políticos, económicos e sociais do MPLA na Huíla, José Miúdo Ndambuka mencionou alguns dos avanços como a construção de estradas e a reconstrução dos caminhos de ferro.
“Temos mais de 900 quilómetros de estrada asfaltadas ao nível da nossa província, do Lubango para Caconda, do Lubango para o Kuvango, do Lubango para o Namibe e isto tudo é o resultado do trabalho do governo sob orientação atenta do MPL", disse.
"Temos a reconstrução dos caminhos de ferros de Moçâmedes, temos a construção da barragem das Gangelas, no município da Chibia, temos um monte de infra-estruturas escolares, escola do ensino de base, do ensino primário, das escolas do ensino secundário os hospitais”, acrescentou


XS
SM
MD
LG