Links de Acesso

Armadores cabo-verdianos criticam acordo de pesca com a União Europeia

  • Eugénio Teixeira

Mindelo, São Vicente

Mindelo, São Vicente

Governo não reage às críticas e remete uma posição para dentro de dias.

O presidente da Associação de Armadores de Pesca de Cabo Verde reconhece alguma melhoria em termos financeiros no acordo assinado entre o Governo da Praia e a União Europeia, mas entende que o país devia conseguir mais benefícios.

Nelson Atanásio aponta outros ganhos que, em seu entender, o arquipélago devia obter com o acordo que permite a 71 embarcações de países da União Europeia pescarem nas águas cabo-verdianas.

O presidente dos armadores de pesca é de opinião que não se tem valorizado muito o mar cabo-verdiano, o grande recurso do país.

Nelson Atanásio diz haver falta de uma "visão estratégica para o mar” .

Para além do presidente da Associação de Armadores de Pesca, um grupo de pescadores e peixeiras da Praia manifestou o seu descontentamento pelo acordo de pesca com a União Europeia.

Eles dizem que os pescadores cabo-verdianos saem prejudicados, devido à concorrência “desleal" das embarcações da União Europeia.

Contactado pela VOA, o director-geral das Pescas Juvino Vieira disse que o Governo não tem reacções por agora.

XS
SM
MD
LG