Links de Acesso

Arábia Saudita renova condenação ao Pokemon


Pikachu, personagem do Pokemon

Pikachu, personagem do Pokemon

A autoridade religiosa máxima saudita renovou um decreto de 15 anos, segundo a qual os jogos Pokemon são anti-islâmicos, noticia hoje a imprensa daquele país.

A media não faz menção ao novo jogo móvel Pokemon Go, que é já um sucesso global.

O Secretariado-Geral do Conselho de Estudiosos da Religião diz que renova o decreto de 2001 em resposta à consultas de crentes.

O Conselho argumentou que as mutações das criaturas no jogo, que são dadas poderes específicos, é blasfémia, no sentido em que promove a teoria da evolução natural.

Na conservadora Arábia Saudita, também é proibido o cinema e as mulheres são desencorajadas a praticar desporto, sob argumento de que tal promove o pecado.

XS
SM
MD
LG