Links de Acesso

Após massacre em escola, Paquistão pretende executar 500 condenados


Funeral de estudantes mortos no ataque à escola de Peshawar

Funeral de estudantes mortos no ataque à escola de Peshawar

O Governo do Paquistão pretende executar 500 condenados à morte nas próximas semanas, anunciou o ministério do Interior, uma semana depois do ataque dos taliban que matou 149 pessoas, incluindo 133 estudantes, em Peshawar, noroeste do país.

Depois do massacre, Islamabad suspendeu a moratória, que estava em vigor desde 2008, sobre a aplicação da pena capital e anunciou a retomada das execuções dos condenados por terrorismo.

Seis condenados à morte por casos de terrorismo já foram executados, segundo a AFP que cita fonte oficial.

XS
SM
MD
LG