Links de Acesso

António Guterres agradece apoio de Angola a SG da ONU

  • Redacção VOA

António Guterres

António Guterres

O antigo primeiro-ministro português António Guterres agradeceu o apoio de Angola à sua candidatura ao cargo de secretário-geral das Nações Unidas.

"Gostaria de exprimir toda a minha gratidão e o meu apreço pelo que tem sido a posição do Presidente José Eduardo dos Santos, do Governo e povo de Angola, a solidariedade angolana tem calado muito fundo no meu coração", disse o também antigo Alto Comissariado das Nações Unidos para os Refugiados em declarações à Rádio Nacional de Angola, nesta quarta-feira, 21, a partir de Nova Iorque.

Para Guterres “agora compete aos Estados-membros, entre os quais Angola, decidir, mas não queria deixar de exprimir esta grande gratidão em relação à posição angolana, que calou muito fundo no meu coração".

No passado mês de Março, o antigo chefe de Governo português encontrou-se com José Eduardo dos Santos em Luanda, onde pediu o seu apoio que agora está materializado.

António Guterres considerou o apoio de Angola, actualmente membro não-permanente do Conselho de Segurança da ONU "um instrumento muito importante" para que tenha possibilidades de vencer.

A eleição do sucessor de Ban Ki-moon deve acontecer em Outubro.

Nas votações de encorajamento realizadas até agora, Guterres tem recebido o maior número de apoios, mas a decisão só será tomada em eleições secretas e nas quais pesam os votos dos cinco membros permanentes do Conselho de Segurança.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG