Links de Acesso

Antigos trabalhadores angolanos na ex-RDA voltam a manifestar-se

  • Manuel José

Parlamento Europeu, Bruxelas

Parlamento Europeu, Bruxelas

Frente ao Parlamento Europeu, em Bruxelas, exigem pagamento dos seus salários por parte do Governo angolano.

Os antigos trabalhadores angolanos na ex-República Democrática Alemã que não receberam os seus salários na íntegra voltam às ruas para exigir que o Governo cumpra o acordado há mais de 20 anos.

Nesta sexta-feira, 8, vão concentrar-se diante do Parlamento Europeu em Bruxelas, para exigir o seu dinheiro.

Miguel Cabango, o coordenador do núcleo dos ex-trabalhadores angolanos na Alemanha do Leste, disse à VOA que pretendem colocar diante do Parlamento Europeu em Bruxelas mais de 30 pessoas, aproveitando o facto de o Presidente José Eduardo dos Santos encontrar-se na Espanha, para fazer ouvir as suas inquietações.

“O processo continua sem solução e estamos a exigir ao ministro Pitra Neto para que encontre uma solução negocial entre os ex-trabalhadores cá na Alemanha e o Governo porque se não as marchas não vão parar'', disse Cabango, que revelou que cada um dos trabalhadores vão levar as suas famílias.

''Os valores que estamos a exigir não é do petróleo nem dos diamantes, tem a ver com nosso esforço de anos, valores descontados, no compromisso quando regressássemos a Angola fossem devolvidos”, reiterou Manuel Cabando

A VOA tentou contactar em Luanda o Ministério do Trabalho e Segurança Social mas sem sucesso.

XS
SM
MD
LG