Links de Acesso

Antigos operários angolanos na Alemanha marcham diante o parlamento europeu

  • Manuel José

Parlamento Europeu - Bruxelas

Parlamento Europeu - Bruxelas

A 6 de Junho, a organização pretende reunir mais de 300 pessoas para exigir o pagamento dos seus salários.

Antigos operários angolanos na Alemanha marcham dentro de uma semana diante o parlamento europeu em Bruxelas contra o governo de José Eduardo dos Santos pelo não pagamento de seus ordenados já lá vão 24 anos.

Os ex-trabalhadores questionam o Executivo se há dinheiro para comprar um avião de 62 milhões de dólares como não consegue dar o que é de direito aos antigos trabalhadores na Alemanha comunista?

Miguel Cabango coordena o núcleo de ex-trabalhadores angolanos que reside na Alemanha dizem-se prontos para, no dia 5 de Junho, marcharem diante do parlamento europeu na Bélgica.

O líder trabalhista questiona o Governo de José Eduardo dos Santos.

"Será que isto é justo? O assunto dos ex-trabalhadores já leva 24 anos, um Governo que enviou os angolanos para trabalhar aqui na Alemanha e é o mesmo Governo que se nega em resolver os pendentes, esta é uma das razões que nos levam a Bruxelas perante os parlamentares europeus e o mundo para explicarmos o que está a acontecer", pergunta Cabango que também lemgra da compra do avião de luxo autorizada por Santos.

"Dizem que há crise, mas como é que o Presidente manda comprar um avião de 62 milhões de dólares e três apartamentos de 4 milhões de dólares? É um paradoxo, e o nosso assunto não tem nada a ver com isso é muito anterior a estas crises por isso o Governo deve arranjar formas de dar o que é nosso", continuou o porta-voz dos antigos trabalhadores.

A organização diz pretender reunir mais de 300 pessoas em Bruxelas.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG