Links de Acesso

Antigos combatentes das FAPLA clamam por apoios

  • Fernando Caetano

Sumbe

Sumbe

A Associação dos ex-Combatentes das FAPLA (ASCOFA) no Kwanza-Sul manifesta a sua inquietação pela falta de apoio para fazer funcionar os terrenos de que dispõe para garantir subsistência aos veteranos de guerra.

”Se tivéssemos condições de trabalho teríamos mais, mas como estamos a trabalhar manualmente, não temos máquinas para desenvolver os terrenos, estamos assim a remediar aqui na Kanguandja e mesmo aqui na Kilunda nem começamos”, revela o tenente-coronel Domingos Celestino.

O presidente da associação diz estar confinada à produção agrícola por falta de apoio do Governo e de pessoas singulares, que, inclusive,factor que segundo Celestino tem condicionado o cadastro dos associados.

Apesar dessa falta de apoio, aquele responsável garante que tem produzido milho, tomate, pimento, cebola, repolho, entre outros.

A nível da província, a ASCOFA tem cerca de 16 mil ex-militares das FAPLA.

A assocação também tem-se dedicado a promover o registo eleitoral dos seus membros, " encorajando os ex-militares a aderir à actualização para poderem votar".

"Estamos a participar sem nenhum problema porque até eu próprio já actualizei os meus dados logo no primeiro dia como exemplo e, estou a incentivar todos a fazerem o mesmo", concluiu o tenente-coronel Domingos Celestino.

XS
SM
MD
LG