Links de Acesso

“12 anos escravo” ganha Óscar de melhor filme


Os (melhores) Oscars foram para... "O Clube de Dallas", "Gravidade", "Blue Jasmine" e "12 Anos Escravo"

"12 Anos Escravo" levou a cobiçada estatueta de melhor filme no Óscar 2014, na cerimónia realizada ontem em Los Angeles. Além disso, ganhou os prémios Roteiro Adaptado, Melhor Actriz Secundária e “Melhor Filme”.

O prémio de Melhor Filme é também o primeiro Óscar de Brad Pitt, que é produtor de "12 Anos Escravo". Realizada por Steve McQueen, a obra é baseada nas memórias de Solomon Northup (Chiwetel Ejiofor), negro livre do Norte dos Estados Unidos que é sequestrado e vendido como escravo.

Mas o grande premiado foi “Gravidade”: sete, no total, entre eles o de “Melhor Realizador”, para Afonso Cuarón, o primeiro realizador latino-americano a receber um Óscar.

O filme "O Clube de Dallas" rendeu a Matthew McConaughey a estatueta de Melhor Actor e a Jared Leto o prémio de Melhor Actor Secundário. Foi o primeiro Oscar para ambos.

Cate Blanchett levou a estatueta de “Melhor Actriz” com o papel em "Blue Jasmine” de Woody Allen.

Um dos grandes momentos da noite foi quando a actriz Lupita Nyong´o recebeu a estatueta de Melhor Actriz Secundária pela sua actuação em "12 Anos de Escravidão".

"Quando olho para esta estátua dourada, o meu desejo é que isto lembre todas as crianças de que independentemente da sua origem os seus sonhos são válidos", disse a actriz, arrancando aplausos e lágrimas da plateia no Dolby Theatre.

Filha de pais quenianos, Lupita Nyong'o nasceu no México quando os pais visitavam o país, mas cresceu na Quénia, de onde seguiu para os Estados Unidos para estudar Actuação Dramática na Universidade de Yale, uma das mais prestigiadas do país.



Na categoria de “Melhor Filme Estrangeiro” a estatueta foi para A Grande Beleza", quebrando um jejum de 15 anos no cinema italiano: é o primeiro Óscar que vai para o país desde "A Vida é Bela", de 1999. Realizado por Paolo Sorrentino, o filme já tinha vencido o Globo de Ouro.

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas homenageou na noite de ontem o cineasta brasileiro Eduardo Coutinho, esfaqueado pelo filho no dia 2 de Fevereiro. Coutinho, um dos principais documentaristas brasileiros, foi convidado em meados de 2013 pela Academia, responsável pela premiação do Óscar, para fazer parte da instituição.

A imagem do realizador apareceu entre as perdas do ano, como as dos actores Paul Walker e Philip Seymour-Hoffman.
Refira-se que a curta-metragem de animação “Feral”, do luso-cabo-verdiano Daniel Sousa, foi um dos nomeados na categoria.

A lista dos premiados

Melhor Filme: 12 Anos Escravo
Melhor Actor: Matthew McConaughey, por "O Clube de Dallas"
Melhor Actriz: Cate Blanchett, por "Blue Jasmine"

Melhor Actor Secundário – Jared Leto, por "O Clube de Dallas"
Melhor Actriz Coadjuvante: Lupita Nyong'o, por "12 Anos Escravo"
Melhor realizador: Alfonso Cuarón, por "Gravidade"

Melhor Roteiro Original: "Ela", escrito por Spike Jonze
Melhor Roteiro Adaptado: "12 Anos Escravo"
Melhor Animação: "Frozen: Uma Aventura Congelante"
Melhor Filme Estrangeiro: "A Grande Beleza" (Itália)
Melhor Documentário: "A Um Passo do Estrelato"
Documentário de Curta-Metragem: "The Lady in Number 6: Music Saved My Life"
Trilha Sonora: Steven Price, por "Gravidade"
Melhor Canção Original: "Let it Go", de "Frozen" - Música e letra de Kristen Anderson-Lopez e Robert Lopez
Melhor Curta-Metragem: "Helium"
Melhor Curta-Metragem de Animação: "Mr Hublot"
Figurino: "O Grande Gatsby"

Cabelo e Maquiagem: "O Clube Dallas"
Melhor Edição: "Gravidade"

Efeitos Visuais: "Gravidade"

Fotografia: "Gravidade"
Desenho de Produção: "O Grande Gatsby"
Edição de Som: “Gravidade”
Mistura de Som: "Gravidade"

XS
SM
MD
LG