Links de Acesso

Ano escolar arranca em Cabo Verde com atraso nos manuais escolares

  • Eugénio Teixeira

Ministra da Educação garante que novos manuais estarão disponíveis a todos em Outubro.

Em Cabo Verde arrancou hoje o novo ano lectivo. Em entrevista à VOA a ministra da Educação e Desporto Fernanda Marques disse que o Governo está fazer tudo para garantir o funcionamento normal das aulas em todos os estabelecimentos de ensino do país.

Quanto aos pais e encarregados de educação a expectativa é grande, já que no início de cada ano lectivo fazem votos para que o seu educando seja disciplinado e aplicado nas aulas, sob a orientação de um bom professor.

Dos professores, por sua vez, espera-se total dedicação na transmissão de conhecimentos ao aluno, de quem se exige muito trabalho, empenho e disciplina. Este é o ponto de vista defendido por uma professora liceal abordada pela VOA.

A entrevistada realça também a necessidade de haver uma total abertura do Ministério da Educação em auscultar e tentar resolver as reivindicações dos homens e mulheres que ensinam nas escolas do arquipélago.

Segundo a ministra, houve um grande empenho do Governo na resolução de algumas reivindicações dos professores, nomeadamente as reclassificações e redução da carga horária, "processo que vai seguindo o seu curso normal".

Fernanda Marques garante que os professores têm consciência das suas responsabilidades, por isso mostra-se convicta no empenho de todos para que o ano lectivo 2014-15 seja positivo.

De realçar que este ano os manuais escolares foram impressos no país, experiência nova que provocou algum atraso na sua distribuição, mas a governante garante que até meados de Outubro todos os manuais estarão à disposição dos alunos.

XS
SM
MD
LG