Links de Acesso

Angolanos planeiam manifestar-se em Berlim

  • Manuel José

Parlamento alemao em Berlim

Parlamento alemao em Berlim

Ex-trabalhadores da RDA vão protestar junto de representações diplomáticas angolanas

Trabalhadores angolanos na antiga República Democrática Alemã planeiam manifestar-se em frente a representações diplomáticas de Angola na Alemanha para protestar contra a falta de pagamento de fundos que alegam ser-lhes devido.

A primeira manifestação dos ex-trabalhadores angolanos na RDA acontece no dia 8 de Maio e pensam juntar em frente à Embaixada angolana em Berlim 250 pessoas para exigir do Governo angolano o pagamento desses fundos.

O coordenador do núcleo de ex-trabalhadores angolanos na RDA que reside em Berlim, Miguel Kabango, disse estarem agendadas duas manifestações. A primeira no dia 8 de Maio em Berlim em frente à embaixada de Angola e outras a 5 de Junho em Frankfurt no Consulado angolano.

“Contamos com 250 ex-trabalhadores espalhados pela Europa, França, Bélgica, Inglaterra, Holanda, que já confirmaram a presença", disse.

De acordo com Miguel Kabango a manifestação na capital alemã já foi comunicada às autoridades de Berlim.

"Nesta altura a manifestação já foi registada e também já está autorizada pelas autoridades policiais de Berlim", acrescentou.

Pedro Júnior outro antigo trabalhador angolano a residir na Alemanha acusa o MATPESS (Ministério do Trabalho Emprego e Segurança Social) de estar em falta, em relação ao pagamento da totalidade dos ordenados.

"O MATPESS não dá maior atenção aos nossos valores tanto nós aqui na Alemanha como os colegas em Angola”, disse acrescentando que “até agora pagaram apenas 12 mil dólares e mesmo assim alguns colegas não receberam este dinheiro”.

“Essa é uma das razões da nossa reivindicação," acrescentou.

Fausto Kumbico, na Alemanha desde 1992, considera que já se esgotaram todas as formas de reclamação, restando apenas a manifestação.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG