Links de Acesso

Angolano reclama da falta de infraestruturas em Luanda


Espaço do Ouvinte

Espaço do Ouvinte

Dom Tito, 33 anos, tem dois filhos e mora em Luanda, é o ouvinte da semana.

Na conversa com a Voz da América, quis comentar sobre a urbanização, economia e a desorganização da capital angolana. Ele lembra que angolanos de todos os cantos do país vão morar na capital que também recebe muitos estrangeiros.

Tito explica ser muito difícil morar em Luanda porque a cidade é muito populosa e centralizada. Além disso, Dom Tito acrescenta que as estradas não estão em boas condições e as poucas estradas que existem estão degradadas. “A cidade de Luanda não tem vias secundárias ou terciarias e com as chuvas fica muito difícil de se locomover”, explica.

Sobre o conhecido problema de congestionamento na capital, Tito diz que acontece a qualquer momento e em qualquer lugar. “Ums distância que se leva 10 minutos para percorrer, em Luanda, leva-se de 40 minutos a uma hora”.

Dom Tito comenta que não faltam planos do governo para melhorar as estradas, mas levam muito tempo para serem concluídos. “Se são feitos, são trabalhos que duram pouco e que trazem transtornos”.

Oiça a conversa
XS
SM
MD
LG