Links de Acesso

Angolano infectado com legionella em Portugal está em Luanda

  • VOA Português

Desconhece-se o paradeiro do cidadão angolano em Luanda.

A Direcção-geral da Saúde, de Portugal, revelou hoje que há um caso de legionella num doente em Luanda, Angola, e outro em Lima, Peru, ambos em pessoas que estiveram em Vila Franca de Xira, onde há um surto desta doença.

Segundo a SIC Notícias, o director-geral de Saúde, Francisco George, disse à Agência Lusa, que as duas pessoas adoeceram já no seu país de origem, depois de terem estado na zona de Vila Franca de Xira.

Desconhece-se por agora o paradeiro do angolano em Luanda e se está a ser tratado.

Até ao momento, o surto de legionella provocou 264 casos e cinco mortes só na região de Lisboa e Vale do Tejo, havendo casos em hospitais de outras zonas do país, mas todos ligados ao surto de Vila Franca de Xira.

A legionella, que provoca pneumonias graves e pode ser mortal, transmite-se por inalação de gotículas de vapor de água contaminada (aerossóis) de dimensões tão pequenas que transportam a bactéria para os pulmões, depositando-a nos alvéolos pulmonares.

XS
SM
MD
LG