Links de Acesso

Angola: Zango sem água há um mês

  • Manuel José

Zango

Zango

Epal não comenta.

A centralidade de Zango, nos arredores de Luanda, está sem água há uma mês e, como alternativa, alguns moradores estão a usar agua da chuva, para lavar e cozer os alimentos.

Outros com mais recursos compram aos “kupapatas”, motoqueiros que comercializam cada bidão de 20 litros por 75 kuanzas.

Os moradores dizem não fazer ideia do por quê da falta de água.

"A situação é má, cortaram a água há três semanas, a Odebrecht estava a trabalhar aqui acabou a obra e entregou tudo à Epal, cortou a água", disse um dos moradores.

Aqueles que têm mais recursos compram água aos “kupapatas”, motoqueiros que vendem a cada bidão de 20 litros por 75 cuanzas.

Os “kupapatas” justificam o preço com a distância que percorrem para adquirir a água.

A VOA não conseguiu falar com a Epal sobre a situação.

XS
SM
MD
LG