Links de Acesso

Angola vai alfabetizar mais de um milhão de pessoas

  • Fernando Caetano

Alfabetizadores queixam-se de falta de apoios.

Angola pretende alfabetizar este ano cerca de cerca de um milhão e 100 mil cidadãos fruto da injecção de mais alfabetizadores pela Associação Angolana para o Ensino de Adultos.

O facto foi revelado numa cerimónia no Kwanza Sul para assinalar hoje, 8, o Dia internacional da Alfabetização,

Entretanto, algumas alfabetizadoras queixaram-seà VOA da falta de apoio e de condições para as suas tarefas.

“Estou a alfabetizar desde 2002 e posso dizer que estamos a trabalhar pelo amor à camisola”, disse Josefa Sabalo João adiantando que os alfabetizadores não têm nenhuns benefícios. “O povo daqui tem vontade, mas nós estamos a dar aulas e ninguém nos apoia”, acrescentou.

Apesar dessas críticas que ficaram sem resposta, o governador Eusébio Teixeira prometeu fazer tudo o que for possível para que o processo de alfabetização seja extensivo e gratificante.

Teixeira apelou, no entanto, a uma maior atenção do Ministério da Educação para que a alfabetização chegue a todos, já que se note uma predominância nas mulheres.

No acto para marcar o dia, os alfabetizandos, na voz de Cândida Culembe, apelaram a todas as sensibilidades a unirem esforços para melhorar o processo de alfabetização, sublinhando a pequena vitória que é para ela “saber ler e escrever o meu nome e pequenas frases”.

Culembe disse que por agora saber ler e escrever, ela e outros entendem melhor o mundo em que vivem.

O ministro angolano da Educação Mpinda Simão disse que o programa de alfabetização tem sido possível graças a “uma parceria estratégica entre o Executivo e a sociedade civil, representada por igrejas, organizações não governamentais, empresas, fundações, organizações internacionais e outras individualidades”.

O ministro disse que para o ano de 2014 "o número de alfabetizadores ascendeu a 19.418, o que corresponde a um aumento de 24% em relação ao ano 2013, permitindo alfabetizar cerca de 1. 165.084, ou seja um crescimento de 24%".

Até agora, a província do Kwanza Sul já alfabetizou 57.308 cidadãos dos quais 35.567 são mulheres.

XS
SM
MD
LG