Links de Acesso

UNITA: "Jornadas parlamentares estão a ser alvo de boicote"

  • Redacção VOA

Alcides Sakala, porta-voz da UNITA

Alcides Sakala, porta-voz da UNITA

Alcides Sakala: " o governo do Kuando-Kubango anulou as nossas reservas (pagas) e ocupou todos os quartos e espaços até ao dia 30 de Março”.

A UNITA acusou o governo da província do Kuando Kubango de estar a tentar sabotar as suas jornadas parlamentares agendadas para o dia 13 de Março na cidade de Menongue tendo ordenado a anulação de todas as reservas feitas no único hotel da cidade para o alojamento dos deputados do principal partido da oposição angolana.


O porta-voz da UNITA, Alcides Sakala sustentou as denúncias do seu partido com o argumento de que “ o governo do Kuando-Kubango anulou as nossas reservas (pagas) e ocupou todos os quartos e espaços até ao dia 30 de Março”.

A Voz da América tentou ouvir a versão do executivo de Higino Carneiro mas sem sucesso.

As últimas informações dão conta que a direcção da UNITA está a montar tendas de campanha para tentar mitigar a situação.

A delegação do aparelho central da UNITA, chefiada pelo seu presidente Isaías Samakuva encontra-se na região do Kuando-Kubango desde a semana passada, numa digressão destinada a assinalar mais um aniversário da fundação do partido.

A agenda da visita inclui a realização das jornadas parlamentares do principal partido da oposição para as quais estão convidadas figuras politicas estrangeiras amigas.
XS
SM
MD
LG