Links de Acesso

UNITA confiante em vitória nas eleições de 2017


UNITA Secretário nacional da UNITA para Organização Diamantino Mussoko

UNITA Secretário nacional da UNITA para Organização Diamantino Mussoko

Em Malanje secretário para organização acusa dos Santos de responsabilidade pela crise

A remodelação dos responsáveis dos órgãos de direcção das estruturas da UNITA a todos os níveis permitiu a criação de condições para o partido vencer as próximas eleições gerais e substituir o MPLA no governo em Angola, disse o secretário nacional para organização da Unita, Diamantino Mussokola.

Mussokola, acompanhante da Comissão Política da UNITA para a província de Malanje referiu que impera em Angola um fosso entre o executivo e a colectividade manifestada por uma contestação generalizada da população por incapacidade em manter a paz social.

“Se cada um de nós fizer a sua parte como deve ser vamos ganhar em Malanje, vamos ganhar no Uíge, vamos ganhar no Cunene, vamos ganhar em Luanda, vamos ganhar nas Lundas, vamos ganhar em Cabinda, em suma vamos ganhar em Angola e formar o governo do sonho dos angolanos”, disse

O político disse na assembleia provincial que decorreu sob o lema “Para a vitória em 2017, todos para a mobilização” que no país está coarctado o pluralismo de expressão, a liberdade de imprensa e são empregadas medidas violentas ou subtis de repressão.

O partidário da UNITA responsabilizou o chefe de Estado angolano pela crise que Angola está submetida, por quanto não existe esclarecimentos sobre o paradeiro do dinheiro do petróleo.

A Unita em Malanje disse estar pronta para ajudar o governo de Norberto Fernandes dos Santos a solucionar os principais problemas que afectam os angolanos nesta parcela do território angolano.

O secretário provincial da Unita, Mardanês Agostinho Calunga presidiu a primeira reunião ordinária do partido na província.

XS
SM
MD
LG