Links de Acesso

Trabalhadores do porto angolano de Kwanda exigem mudanças

  • Redacção VOA

Greve de dois dias que terminou sábado, 19, leva a negociações entre as partes.

Trabalhadores do importante porto de Kwanda no norte de Angola formaram uma comissão para negociar as suas reivindicações que levaram a uma greve de dois dias na semana passada.

A greve terminou no sábado à noite.

O porto de Kwanda serve de base logística para companhias petrolíferas que operam tanto “off-shore” como “onshore”.

Um colectivo de trabalhadores do porto elaborou um memorando com 17 reivindicações que cobrem, entre outros assuntos, horário de trabalho, fim de despedimentos “anárquicos” de trabalhadores sem qualquer explicação, subsídios, aumento salarial e esquemas de rotatividade no trabalho.

Um trabalhador que pediu o anonimato disse à VOA que um dos principais pontos para os trabalhadores é a questão de seguro contra acidentes de trabalho.

Ouça a sua declaração aqui

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG