Links de Acesso

Filho de Eduardo dos Santos administra fundo de milhares de milhões de dólares

  • Redacção VOA

Em família. José Eduardo dos Santos

Em família. José Eduardo dos Santos

Nomeação de Filomeno dos Santos para administrador do fundo soberano causa inquietação. Filho do presidente diz que transparência está garantida por auditoria internacional

José Filomeno dos Santos, filho do presidente José Eduardo dos Santos é uma das pessoas nomeadas para controlar um fundo soberano de investimentos de cinco mil milhões de dólares lançado Quarta-feira pelo governo angolano.


O Fundo angolano de cinco mil milhões de dólares vai ser controlado por três pessoas, sendo o seu director Armando Manuel secretário do presidente Eduardo dos Santos para questões económicas.

Um dos filhos do presidente José Filomeno dos Santos faz parte da direcção e segundo a agência de notìcias Reuters esta nomeação “deverá levantar questões sobre a transparência” do fundo.

A Reuter entrevistou Filomeno dos Santos que disse que “a transparência do fundo será garantida por estritas normas de auditoria e publicação de dados e por uma política de investimentos a ser anunciada em breve”.

A comissão de direcção do fundo de três membros será assistida por alguns ministros e pelo governador do banco central e vai publicar as suas contas anualmente que serão alvo de uma auditoria por uma firma internacional de auditoria.

Fundos soberanos de investimento são como o nome indica recursos financeiros destinados a serem investidos de forma independente para garantirem ao país futuros rendimentos.

São geralmente formados por países ricos em recursos naturais, como o petróleo, e têm como objectivo garantir rendimentos após o fim desses recursos, diversificando assim a economia.

Os objectivos do fundo angolano são o de diversificar a economia e criar riqueza.
Segundo os planos anunciados pelo governo angolano o seu fundo soberano de investimentos irá crescer através de fundos transferidos pelo governo e de rendimentos dos seus próprios investimentos. Segundo a Reuters Filomeno dos Santos recusou-se a fazer previsões sobre o crescimento.

O fundo vai investir em infra-estruturas, hotéis , projectos de alto crescimento e ainda em instrumentos financeiros.

Os seus primeiros investimentos deverão ser feitos em projectos para desenvolver a agricultura, água, energia e transportes.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG