Links de Acesso

Angola sem novos casos de febre amarela

  • Redacção VOA

A Organização Mundial da Saúde (OMS) revelou em comunicado que Angola não registou qualquer caso de febre amarela desde 12 de Julho e que o surto epidémico não é uma emergência médica internacional.

A conclusão é do Comité de Emergência que, na sua segunda reunião, ouviram relatórios e opiniões de especialistas.

“Depois das discussões e da consideração da informação que nos foi fornecida, a perspectiva deste Comité é que o estado actual do surto de febre amarela em Angola e na RD Congo não constitui uma Emergência de Saúde Pública de Interesse Internacional”, lê-se no comunicado, que acrescenta que a transmissão da doença parece controlada.

A OMS indicou também que o surto no Uganda chegou ao fim e que os casos registados na China e Quénia não provocaram qualquer transmissão.

“Apesar do progresso considerável que foi feito, o Comité conclui que o surto continua a ser um acontecimento grave de saúde pública que exige apoio internacional e acção nacional continuado”, concluiu aquela agência da ONU.

XS
SM
MD
LG