Links de Acesso

Líder da UNITA desafia presidente angolano "a provar que não cometeu crimes"

  • Redacção VOA

Samakuva chamou a imprensa para reiterar que a queixa apresentada pelo seu partido está protegida pela Constituição da República.

O líder da UNITA desafiou o presidente José Eduardo dos Santos “a provar que não cometeu os crimes de que é acusado na queixa crime apresentada recentemente junto da Procuradoria Geral da República”.

Isaías Samakuva chamou a imprensa para reiterar que a queixa apresentada pelo seu partido está protegida pela Constituição da República.

“Não apresentamos queixa contra o MPLA, a Igreja Católica ou contra os analistas mas contra o cidadão José Eduardo dos Santos candidato às eleições de 2012”, disse Samakuva .
Para o líder do maior partido da oposição o presidente José Eduardo dos Santos tem de provar que "não mandou falsificar os resultados eleitorais com recurso a especialistas chineses”.

Samakuva diz que foi uma vergonha nacional a forma como o regime e a Igreja Católica reagiram à acção da UNITA e advertiu que vai levar o assunto até as últimas consequência pudendo recorrer a instâncias internacionais.

Isaías Samakuva minimizou igualmente a declaração da Igreja Católica na qual nega haver corrupção no seio da comunidade.

O líder da UNITA disse não ser da sua autoria a constatação de que este fenómeno atingiu a Igreja Católica: “ Eu limitei-me a ler a declaração da CEAST publicada no final da sua reunião que teve lugar na cidade do Bié”, disse.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG