Links de Acesso

Angola retira embaixador de Kinshasa

  • Redacção VOA

Georges Chikoti, ministro angolano das Relações Exteriores

Georges Chikoti, ministro angolano das Relações Exteriores

Georges Chikoti justifica a decisão com a violência na República Democrática do Congo.

O Governo de Angola retirou o seu embaixador e demais elementos da sua missão diplomática na República Democrática do Congo (RDCongo) devido à insegurança no país.

O ministro angolano das Relações Exteriores confirmou a decisão à imprensa, mas rejeitou que a embaixada angolana em Kinshasa tenha sido atacada.

"Essas questões de ataque directo às nossas instalações não são verdadeiras, não temos esses elementos. O embaixador retirou algum pessoal, famíliares para a República do Congo, onde ele estava até antes de ontem. Mas acho que a situação se está a normalizar", disse Georges Chikoti, que se reuniu no sábado com o seu homólogo congolês Raymond Tshibanda em Nova Iorque no sábado, 24.

Chiloti também reiterou que o seu Governo que Angola não enviou militares para o país vizinho, ao contrário do que tem revelado a imprensa.

Protestos contra o Governo de Joseph Kabila irromperam há um mês na República Democrática do Congo e provocaram uma onda de violência que tem preocupado a comunidade internacional.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG