Links de Acesso

Angola: Professores com salários em atraso

  • Redacção VOA

Alguns começam a abandonar os postos de trabalho por não terem meios para pagar o transporte.

Alguns professores começaram a deixar os seus postos de trabalho devido á falta de pagamento dos seus salários, denunciou o sindicato dos professores.

O sindicato acusa o Governo de ter acumulado, com a classe, uma dívida de mais de doze mil milhões de Kwanzas em salários e subsídios, em todo o país.

O vice-presidente do Sindicato Angolano de Professores, Manuel da Vitória Pereira, disse que há professores que já não vão ao serviço por não terem dinheiro para a viagem diária.

Pereira acrescentou que, no passado, as negociações para melhorar a situação dos professores "caíram em saco roto".

Entretanto, o Conselho de Concertação Social do Governo orientado pelo Vice-Presidente da República, Manuel Vicente, analisou terça-feira, 7, a nova lei base do sistema de ensino e foi informado sobre o assunto.

O líder da UNTA-Confederação Sindical, Manuel Viage, que participou no encontro, disse que a situação dos professores pode melhorar nos próximos meses, com base na recente indicação dada pelo Presidente angolano sobre um provável aumento de recursos para a economia do país.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG