Links de Acesso

Comandante da Polícia Angolana Faz Balanço do Ano

  • Agostinho Gayeta

Comandante da Polícia Angolana Faz Balanço do Ano

Comandante da Polícia Angolana Faz Balanço do Ano

A corporação será implacável na aplicação de sanções contra os seus membros que protagonizarem acções puníveis por lei

Luanda,31, Dez,2010 - O Comandante Geral da Polícia Nacional de Angola fez o balanço da acção desenvolvida pelo seu efectivo, em 2010. O Comissário Geral Ambrósio de Lemos apontou os comportamentos criminalmente condenáveis de alguns oficias afectos à corporação, o aumento do índice da criminalidade, o tráfico e o consumo de drogas, assim como o número crescente da sinistralidade rodoviária em Angola, como as situações mais desagradáveis que marcaram o ano.
Os actos criminosos praticados por alguns oficiais da polícia, registados ao longo de 2010, foram algumas das acções que marcaram pela negativa e mancharam o trabalho da Polícia Nacional. Por esta razão, aquele oficial superior da Polícia em Angola afirmou que a corporação será implacável na aplicação de sanções contra os seus membros que protagonizarem acções puníveis por lei.
A aprovação da Constituição da República pelo Parlamento angolano, da lei da probidade administrativa e da lei contra a violência doméstica- embora esta última seja na generalidade - marcaram a produção legislativa de diplomas de valor em 2010.
Para o Comandante Geral da Polícia Nacional, estes diplomas vão, de modo geral, orientar de forma a actividade da polícia na garantia do respeito pelos Direitos Humanos em Angola, em 2011.
O Comissário Geral Ambrósio de Lemos fez o balanço das acções realizadas pela corporação em 2010, na tradicional cerimónia de cumprimentos de fim de ano, realizada nesta sexta-feira, 31 de Dezembro.

XS
SM
MD
LG