Links de Acesso

Angola: Polícia não quer manifestação

  • Redacção VOA

Aristófones dos Santos

Aristófones dos Santos

JPMLA convocou manifestação para o mesmo dia; ministro do interior e oficiais da polícia reuniram com dirigentes da UNITA

A polícia angolana pediu à UNITA para desconvocar a sua manifestação de protesto contra o desaparecimento dos activistas Alves Kamulingue e Isaías Cassule prevista para amanhã em Luanda.

Isto depois do JMPLA ter anunciado uma manifestação para o mesmo dia.

O comissário da polícia Aristófanes dos Santos reuniu-se juntamente com o ministro do interior Ângelo Veiga com elementos da UNITA para discutirem a situação.

O comissário disse que devido a ânimos mais exaltados registados nos últimos dias tinha proposta às duas partes para adiarem as manifestações.

A UNITA convocou manifestações através do país e o Bloco Democrático e o Partido da renovação Social, PRS, deram o seu apoio apelando á participação dos seus militantes e cidadãos.

A CASA CE por seu turno emitiu um comunicado em qiz ser direito legitimo da UNITA realizar uma manifestação direito esse que “não pode legalmente ser impedido”.

“É obrigação dos órgãos competentes do Estado, garantir protecção e segurança a todos os manifestantes,” disse a CASA CE.

A UNITA deverá reagir ainda hoje Sexta-feira ao pedido da polícia para desconvocar a manifestação.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG