Links de Acesso

Polícia angolana impede marcha de estudantes universitários

  • Redacção VOA

Estudantes dizem que voltarão a manifestar-se se as taxas e propinas não forem revistas.

A polícia angolana impediu neste Sábado que estudantes universitários marchassem em direcção ao Largo Primeiro de Maio em Luanda em protesto contra os aumentos nas taxas e propinas nas universidades públicas.

O Movimento de Estudantes Angolanos (MEA) tinha anunciado a manifestação mas a polícia impediu a marcha ao dispersar os estudantes que se encontravam nos arredores do local.

Contudo, cerca de 20 estudantes conseguiram fazer ouvir o seu protesto longe da praça sob vigilância da policia que não interveio nem deteve ninguém.

Uma forte presença policial estava contudo concetrada no largo onde veria ter-se realizado a manifestação final

Ontem, o Ministério do Ensino Superior anunciou que vai reunir-se na próxima semana com universidades e associações de estudantes para abordar os valores de taxas, emolumentos e propinas cobrados pelas instituições.

O Movimento doe Estudantes Angolanos reitera que voltará à rua caso não haja uma redução das propinas e taxas que aumentaram 100 por cento este ano.

XS
SM
MD
LG